quarta-feira, 25 de abril de 2012

Ao meu Anjo da Guarda

Semper illumina, custodi,
rege et guberna.
Anjo santo, mais amigo
de minh'alma do que eu mesmo,
semeia em meus pensamentos
pensamentos amorosos,
e não deixes de limpar
toda consideração
sobre mim e o meu quinhão;
porque planta alta e sem poda,
quando vê o tempo da ceifa,
frutifica frustração.

Anjo santo, eu gostaria
de esquecer todo direito
a opinar, reivindicar,
exigir como implorar.
Queima em tua espada ardente
tudo o que, vindo de mim,
a mim visa. Limpa já
toda consideração
sobre mim e o meu quinhão;
porque planta alta e sem poda,
quando vê o tempo da ceifa,
frutifica frustração.

Santo arauto de meu Pai,
purifica meu amor
na torrente incandescente
da Paixão do Bom Pastor;
Em seguida purifica
toda consideração
sobre mim e meu quinhão:
toda a culpa de meus crimes
queima no fogo infinito
de Sua Ressurreição.